Empresário de Jataí, de 53 anos, foi preso após denúncia de disparos em rodovia de Caçu. Polícia Militar encontrou arma de calibre restrito e munições no local. Caso repercute nos grupos relacionados à política local.

Por Nalanda Gabrielle, do Portal Pn7
Foto: Recebida via WhatsAppe  – Portal Pn7

Na noite de segunda-feira, 17 de junho, um empresário de 53 anos de Jataí foi detido pela Polícia Militar na zona rural de Caçu, Goiás, por posse ilegal de arma de calibre restrito. A prisão ocorreu após uma denúncia anônima de disparos contra uma placa de sinalização na rodovia GO-206. Após ser conduzido à delegacia da Polícia Civil, o empresário teve sua situação atualizada pela decisão da juíza de Caçu.

A juíza responsável pelo caso arbitrou uma fiança no valor de R$ 3.000 e determinou a liberdade provisória do empresário. Segundo informações, ele poderá ser liberado assim que efetuar o pagamento da fiança estipulada. O empresário estava detido desde a prisão em flagrante, quando foram encontrados em seu veículo um revólver calibre 357, modelo 627, com cinco munições intactas, além de uma caixa com 22 munições do mesmo calibre, sendo 14 deflagradas.

O nome do empresário não foi divulgado pelas autoridades, que destacaram seus antecedentes criminais por calúnia (art. 138), difamação (art. 139) e violência psicológica contra a mulher (art. 147-B). A atualização sobre a fiança e a liberdade provisória foi comentada por um advogado de Jataí nos grupos de WhatsApp relacionados à política local, onde a situação tem gerado discussões acaloradas.

O caso repercute na comunidade devido às questões levantadas sobre segurança pública e legislação de armas, alimentando debates sobre as medidas judiciais e o impacto na reputação do empresário. Com a decisão da juíza, o empresário poderá aguardar o desenrolar do processo em liberdade provisória, enquanto as autoridades seguem com as investigações para esclarecer todos os aspectos do incidente ocorrido em Caçu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
× Como posso te ajudar?