Ação visa reforçar o estoque do banco de sangue que, em 2023, forneceu mais de 1,8 mil hemocomponentes para o HEJ.

O Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho (HEJ) aderiu à campanha nacional Junho Vermelho, que tem como proposta conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e reforçar o estoque do Hemocentro Regional de Jataí, uma unidade da Rede Estadual de Serviços Hemoterápicos – Rede Hemo, do Governo de Goiás, localizada dentro do hospital. Durante os dias 10 e 14 de junho, o HEJ estará com uma campanha interna voltada para seus colaboradores, que podem se dirigir ao Hemocentro das 8h às 11h30 e das 14h às 17h20 para doação de sangue e cadastro de medula óssea. O agendamento deve ser feito pelo site (clique aqui)

Para o diretor-técnico do HEJ, Pedro Vinicius Leite de Sousa, a campanha entre os colaboradores é um reforço sobre a importância da doação de sangue, um tecido vivo que não pode ser produzido e que é fundamental para salvar vidas, principalmente em hospitais de média e grande complexidade como o HEJ. “Muitos pacientes chegam a nossa unidade com urgência de atendimento cirúrgico, grandes perdas de sangue, e essa oferta de hemocomponentes do Hemocentro de Jataí é primordial para o atendimento ágil de quem depende de uma transfusão para viver”.

O médico pontua que, em 2023, o Hemocentro Regional de Jataí forneceu 1.897 hemocomponentes para atendimento de pacientes do HEJ. “Os hemocomponentes são produtos derivados do sangue total que são utilizados no tratamento pacientes oncológicos e de doenças como dengue, covid-19, além de acidentes e intervenções cirúrgicas. Como o HEJ é um hospital que atende uma gama de várias especialidades, é natural que a demanda seja alta e, por isso, é fundamental que a população se solidarize a essa causa e doe sangue sempre que possível”.

Quem pode doar?

A médica e responsável técnica do Hemocentro Regional de Jataí, Myrian Queiroz, explica que para fazer uma doação de sangue é necessário estar saudável, ter peso acima de 50 quilos, apresentar documento oficial com foto e idade entre 16 e 69 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. “Para a doação é importante que o voluntário tenha dormido bem, pelo menos seis horas na noite anterior, esteja alimentado e não tenha fumado nas últimas duas horas. Após o almoço também é preciso aguardar duas horas para realizar a coleta, e se hidratar bem”, orienta.

A profissional também chama atenção para o prazo de inaptidão para quem teve covid-19, que é de 10 dias após a remissão dos sintomas e, no caso de dengue, o voluntário deve aguardar 30 dias. “As vacinas também têm um período de inaptidão que varia entre 48 horas e 12 meses, e é preciso avaliar cada caso”, pontua.

Já para se cadastrar como um doador de medula óssea é necessário atender os seguintes requisitos: ter entre 18 e 35 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde, não ter doença infecciosa ou incapacitante e não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico. O cadastro pode ser feito durante a doação de sangue.

Serviço:
Junho Vermelho HEJ e Hemocentro Regional de Jataí
Quando: 10 a 14 de junho de 2024
Horas: das 8h às 11h30 e das 14h às 17h20
Onde: Hemocentro Regional de Jataí – Rua Joaquim Caetano c/ a Rua Caçu, s/nº, Bairro Divino Espírito Santo, Jataí – GO (Unidade localizada dentro do Hospital Estadual de Jataí)

Foto: Divulgação

Fonte: Governo de Goiás
Foto: Wenderson Araujo
Jornalismo Portal Pn7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE