Automóvel

Está no manual: 5 problemas no seu carro que não dá para resolver depois

Foto: Internet
Algumas situações exigem atenção imediata com o carro para evitar danos mais graves e até risco à segurança dos ocupantes...

O plano de manutenção dos carros estabelece prazos e quilometragens regulares para o proprietário realizar as revisões, com base em uma estimativa média de durabilidade de componentes.

Topy

Os intervalos para a inspeção do veículo são encurtados em caso de uso severo.

No entanto, há problemas que não têm essa previsibilidade.

Alguns exigem que sua verificação e reparo sejam realizados o mais rapidamente possível, por envolverem risco à segurança, ou por se tornarem em pouco tempo algo mais sério e caro de se consertar.

O manual do proprietário alerta para essas falhas, muitas vezes acompanhadas do advérbio “imediatamente”, referindo-se à pressa que você deve ter para solucioná-las.

Há casos nos quais o condutor é orientado, inclusive, a desligar o motor e acionar o socorro mecânico sem demora.

Confira alguns exemplos.

1 – Cheiro de fumaça dentro do veículo

Especialmente em carros mais antigos sem a devida manutenção, esse é um problema bastante comum e pode estar relacionado à perfuração do escapamento por corrosão.

Mais do que o mau cheiro proveniente da fumaça, essa é uma situação que requer atenção imediata por trazer risco à vida.

Os gases de escape contêm monóxido de carbono, gás extremamente tóxico e que mata por asfixia.

A primeira medida é abrir as janelas para arejar a cabine, seguida de uma visita ao mecânico o mais rápido possível.

“Vazamentos no escapamento podem resultar na entrada de fumaça prejudicial à saúde e potencialmente letal no habitáculo. Se você sentir cheiro de fumaça do escapamento dentro do veículo, leve-o para uma inspeção imediata. Não dirija se você sentir cheiro de fumaça do escapamento”, alerta o manual do Ford Ka.

2 – Fezes de aves e combustível na pintura

Essa é uma situação que não envolve risco à segurança, mas pode causar danos permanentes à pintura e deixar o proprietário do veículo no prejuízo.

As fezes de pássaros aparentam ser inofensivas, mas sua composição química é nociva ao verniz e à tinta. As montadoras recomendam fazer a limpeza imediata da sujeira, antes que o excremento seque, dificultando e muito sua remoção.

O manual do Renault Sandero recomenda limpar as fezes o quanto antes “com excessivo jato”.

“Excrementos de aves produzem uma reação química com a pintura, podendo até provocar sua descoloração. É obrigatório lavar imediatamente o veículo para eliminar estas manchas, pois é impossível fazê-las desaparecer com um simples polimento”, diz o livreto que acompanha o hatch.

O mesmo vale para combustíveis. Sabe aquele derramamento tão comum na hora de abastecer? Ele é um vilão quando se trata da saúde da pintura.

É o que avisa o manual do Hyundai HB20:

“Combustíveis em contato com a pintura do veículo podem causar danos permanentes. Por isso, remova imediatamente todo combustível que entrar em contato com a pintura”.

O mesmo vale para respingos de asfalto, mais frequentes em dias quentes.

3 – Motor engasgado após abastecimento

A adulteração de combustíveis é uma das causas mais frequentes de mau funcionamento do motor. É especialmente danosa no caso da gasolina, que costuma ser “batizada” com solventes bastante nocivos a diversos componentes – incluindo tubulações e borrachas.

Se você constatar que o motor começou a ‘engasgar’, apresentando falhas e perda de potência logo após o abastecimento, não deixe para verificar o defeito depois.

Nessa situação, inclusive, o manual do Volkswagen Nivus ensina a desligar o veículo “imediatamente” para encaminhá-lo a uma concessionária ou oficina de confiança.

“Se, durante a condução, o motor funcionar de forma irregular ou ocorrerem solavancos, isto poderá ser atribuído a um combustível de qualidade ruim ou insuficiente, por exemplo”, diz o livreto do SUV compacto.

Nessa situação, a fabricante orienta a “reduzir imediatamente a velocidade e procurar a concessionária Volkswagen ou empresa especializada mais próxima, conduzindo somente com rotação média e com baixa demanda do motor”.

4 – Luz de alerta do airbag acesa

Muitos problemas que exigem atenção imediata são informados por meio das luzes de alerta do painel de instrumentos, que geralmente têm a cor vermelha.

Isso vale para os airbags, que têm uma luz específica.

Se ela permanecer acesa após a partida do motor, é sinal de provável defeito no sistema obrigatório de segurança – que pode não funcionar como esperado em caso de colisão, trazendo risco à vida.

O manual do VW Nivus deixa isso bem claro:

“Quando a luz de controle do airbag permanecer acesa, há avarias no sistema de airbag. É possível que ele seja acionado de forma imperfeita, não seja acionado ou seja acionado inesperadamente, o que pode causar ferimentos graves ou fatais”.

A montadora recomenda a levar o automóvel “imediatamente” a uma concessionária para que a origem do alerta seja verificada e o problema, corrigido.

5 – Frenagem insuficiente

Com segurança não se brinca e isso vale, obviamente, para os freios.

Se distância para brecar o carro aumentar ou se o pedal ficar duro ou mais baixo, é hora de levá-lo rapidamente para uma inspeção na oficina.

Falha nos freios em geral é alertada por meio da respectiva luz no painel – dependendo do modelo, aparece também uma mensagem de texto.

Até chegar à oficina, o livreto do Nivus diz para “conduzir em baixa velocidade e se preparar para distâncias maiores de frenagem e para uma pressão maior no pedal”.

Vale também checar pessoalmente o nível do fluido de freio.

De acordo com o manual do Hyundai HB20, essa verificação deve ser feita com o motor desligado.

Se o nível tiver baixado, a marca sul-coreana recomenda adicionar o fluido especificado e em seguida olhar se ele está vazando em algum ponto do sistema.

“Se algum vazamento for encontrado, se a luz de advertência permanecer acesa ou se os freios não funcionarem corretamente, não dirija o veículo. Recomendamos levar o veículo a uma concessionária autorizada para inspeção”.

Fonte: UOL
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

mm

Redação Portal PaNoRaMa

O Portal PaNoRaMa um dos pioneiros na área de cobertura de eventos e notícias de Jataí - Goiás, lançando uma forma única de trabalho e divulgação.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as principais notícias do dia

Topy
Abrir conversa
Precisa de ajuda?