Política Top Destaque

Em protesto, vereadores se retiram de sessão extraordinária de votação sobre o impeachment contra o prefeito Vinícius Luz

Foto: Letícia Correia
Os vereadores Mauro Bento Filho, Major David Pires e Cida acreditam que a votação deve acontecer em sessão ordinária

Por Larissa Pedriel
panorama.not.br

Hoje (31), o dia começou agitado na Câmara Municipal de Jataí. Em sessão extraordinária realizada nesta manhã, estava pautado o pedido popular de impeachment contra o atual prefeito Vinícius Luz.

Porém, os vereadores Mauro Bento Filho, Major David Pires e Cida abandonaram o plenário em sequência, impedindo a votação por falta de quórum.

Em sua visão, a matéria deve ser votada em sessão ordinária na próxima semana, sem necessidade de urgência. Segundo eles, a votação nesse momento seria uma manobra política.

A votação deve decidir se o processo de impeachment é válido para começar os trabalhos de investigação através de uma comissão especial designada. A acusação é de que o prefeito teria cometido supostas infrações político administrativas durante sua gestão.

Acompanhe mais informações sobre aqui no Portal Panorama!

Larissa Pedriel
Foto Capa: Vânia Santana/CMJ
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

mm

Redação Portal PaNoRaMa

O Portal PaNoRaMa um dos pioneiros na área de cobertura de eventos e notícias de Jataí - Goiás, lançando uma forma única de trabalho e divulgação.

1 comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ainda me pergunto, que se caso houver uma votação a favor do impeachment do prefeito, essas ditas comissões investigativas, estariam sendo protagonizadas pelos mesmos ditos trabalhadores do povo que também estão com processos administrativos em andamento!?

Abrir conversa
Precisa de ajuda?