Cães & Cia Colunistas

Conheça mais sobre o jardim sensorial para gatos

Tanto em ambientes externos quanto internos é possível levar um pouco da natureza para o seu peludo, beneficiando sua saúde física e mental...

Colunista: Jackelyne Dutra – CRMV-GO 05767

Gatos são animais curiosos e gostam de explorar e brincar com plantas, como seus ancestrais mais selvagens faziam na natureza. Eles também gostam muito do sabor de algumas plantas, e graças ao seu alto conteúdo em fibra contribuem para uma boa digestão. Mas deve-se ter cuidado porque algumas plantas são tóxicas para eles.

Tanto em ambientes externos quanto internos é possível levar um pouco da natureza para o seu peludo, beneficiando sua saúde física e mental.

Graminhas de trigo, aveia e milho, são ótimas para ajudar a digestão e eliminação de bolas de pelos, tanto causando vômito quanto ajudando-as a passar pelo intestino. É interessante ter uma “produção” de graminhas constante, já que o gato vai consumi-las rapidamente. E caso elas cresçam demais, pode-as, pois as sementes não devem ser consumidas pelo gato.

O cheiro da catnip (erva dos gatos, Nepeta cataria) e da valeriana (Valeriana officinalis) causam uma sensação de euforia nos gatos, fazendo com que deitem, mastiguem e rolem na planta. Alguns gatos que não reagem à catnip podem reagir à valeriana e vice-versa.

Para brincar e observar roseiras e girassóis são 100% seguras, normalmente ficam altos, mas para ambientes internos as variações em miniatura podem ser uma opção melhor. Todas as espécies são seguras.

Tomilho é uma planta natural relaxante como a catnip e que produz alegria. Erva germinada pode ser cultivada ou comprada em lojas. Proporciona vitaminas essenciais que complementam a alimentação do teu animal de estimação, além de ser rica em fibra para uma digestão mais saudável.

A citronela e o capim-limão também são opções interessantes para se esconder e brincar, e elas mantêm os insetos longe, mas embora alguns gatos amem seu cheiro forte, outros odeiam e passam longe. O mesmo acontece com a lavanda, alecrim e a menta. Faça o teste para descobrir as preferências do seu miau. Bambus também são uma ótima opção.

Atenção para as plantas tóxicas: lírio, kalanchoe, azaleia, tulipa, babosa, comigo-ninguém-pode, hera, hortênsia, maconha, avelós, copo de leite, fícus, entre muitas outras.

Para garantir a segurança total do seu bichano na hora de lidar com plantas comestíveis e plantas tóxicas, é sempre bom consultar um veterinário.

Proprietário de gatos uma dica interessante é criar em sua casa ou apartamento um ambiente estimulante para os felinos.

Colunista: Jackelyne Dutra – CRMV-GO 05767
Jornalismo Portal Panorama
Foto Capa: Internet

Aviso importante:
O conteúdo exibido nesta seção (COLUNA), apresenta caráter meramente informativo. O Portal PaNoRaMa não se responsabiliza pelo conteúdo dos colunistas que assinam cada texto, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal PaNoRaMa se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins.