Automóvel Geral

Carro automático o “queridinho” do Brasil

Segundo estudos de consultorias, embora o modelo automático seja mais caro, a procura por carros automáticos será maior no ano de 2019, uma tendência natural do mercado...

Ainda existe muitas pessoas que afirmam gostar da sensação de trocar marchas e dominar a transmissão do carro enquanto dirigem, e informam que jamais terá um carro automático. Mas os carros automáticos vem seduzindo os brasileiros, o câmbio manual será minoria nas vendas no ano de 2019, estima que as vendas de carros automáticos vão superar as dos equipados com câmbio manual, de acordo com o estudo recente da consultoria Bright Inspiring Sound Decisions. Muito se deve pela popularização desses câmbios.

No carro automático é fundamental esquecer o pé esquerdo na hora de dirigir. As nomenclaturas das marchas mudam. Em vez de 1ª a 5ª, como na maior parte dos automóveis, você verá D, P, N, podendo mudar de acordo com o modelo do carro.

Em relação a combustível o carro com câmbio automático gasta mais combustível do que o mesmo modelo com câmbio manual. Já a manutenção é um pouco diferente dos carros manuais, o principal cuidado é a troca de óleo da caixa, que usa um lubrificante do tipo ATF.

“Em 2018, os automóveis automáticos responderam por 49% dos emplacamentos totais. E a estimativa é que esse número ultrapasse os 50% ainda este ano”, diz Cassio Pagliarini, consultor da Bright.

A comodidade é, então, um grande diferencial. Outra curiosidade é que o carro automático nunca “morre”. Esse mercado que não para de crescer já chegou aos modelos populares. Assim, você que também quer ficar livre do pé esquerdo, sem gastar muito, pode está comprando um carro que seja popular, mas que seja automático.

Paula Caroline
Foto Capa: Internet
Jornalismo Portal Panorama