CARNAVAL 2014: mais de 4,3 mil multas já foram aplicadas em BRs de Goiás

Notícias Polícia / Bombeiro
Motorista deste carro levou mais de R$ 3,5 mil em multas (Foto: Reprodução/PRF)
Motorista deste carro levou mais de R$ 3,5 mil em multas (Foto: Reprodução/PRF)

O carnaval ainda não acabou, mas o número de multas aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias em Goiás já é maior do que o registrado em todo o feriado no ano passado. Até a madrugada desta segunda-feira (3), a polícia contabilizou 4.336 notificações, sendo que no ano passado foram cerca de 4 mil.

tonolucro

Segundo a PRF, o excesso de velocidade é o maior motivo de imprudências. Radares já fotografaram quase 3 mil carros com excesso de velocidade em todo o estado. Quinhentos deles trafegavam em velocidade superior a 150km/h.

O recorde foi registrado na BR-060, quando um Ford Focus foi flagrado a 200 km/h. A velocidade máxima permitida no local é de 80 km/h.

“O cidadão que está a 200 km/h em qualquer situação de risco pode acabar com a sua vida e com a de muita gente. Que chance vai ter alguém que sofre um impacto com outro carro a 200km/h”, diz o assessor da PRF em Goiás, Newton Moraes.

A quantidade de motoristas embriagados também é alta. De acordo com a PRF, o teste do bafômetro reprovou 58 motoristas. Desses, vinte foram presos porque estavam com mais de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Abaixo desse índice, o condutor é autuado e liberado caso um motorista habilitado e capacitado se apresente para assumir a direção do veículo.

Outro índice expressivo é o de condutores inabilitados. Mais de 62 pessoas foram flagradas nesta situação.

De acordo com o levantamento, ocorreram 65 acidentes, que resultaram em 54 pessoas feridas e quatro mortes. Por enquanto, o índice é bem menor do que o registrado em 2013, quando 12 pessoas morreram nas estradas federais que cortam Goiás.

Do G1 Goiás / Foto Capa: Alex Alves – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.