Campeonato Brasileiro Feminino de Futsal será em Goiânia

Sem categoria

Goiânia recebe o Campeonato Brasileiro Feminino de Futsal de 4 a 12 de novembro. A abertura será no dia 5, às 19 horas, no Sesi Clube Antônio Ferreira Pacheco, com desfile das equipes e atrações culturais. São esperadas quase 500 pessoas, entre atletas e comissão técnica. Todos os jogos serão realizados no ginásio do Ferreira Pacheco. Foram convidados 27 times – um de cada Estado e também do Distrito Federal.

A solenidade de abertura contará com a secretária Raquel Teixeira; o ministro do Esporte, George Hilton; o presidente da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), Marcos Madeira, além de outras autoridades. “Este é um momento histórico, pois é a primeira edição nacional da competição e Goiás sai na frente como a primeira sede brasileira e vitrine esportiva mundial da modalidade”, disse a secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira.

Pontuação
“Essa iniciativa incentiva a prática e divulga a política esportiva que o Governo do Estado desenvolve”, afirma  o superintendente executivo de Esporte e Lazer da Seduce, Júnior Vieira. A seleção das equipes ocorreu com base no ranking de pontuação acumulada pelas equipes nos últimos três anos. A Associação Atlética Hidráulica Brasil, beneficiada pelo Pró Esporte, representa Goiás no torneio. A programação do Campeonato foi lançada no último dia 23, em Goiânia.

Para o presidente da Federação Goiana de Futsal, Murilo Macedo, o nível técnico da competição é excelente e Goiás possui uma equipe forte e competitiva para brigar pelo título nacional. “Sabemos do favoritismo e força dos estados de Santa Catarina, São Paulo e Ceará, no entanto, tenho certeza que Goiás fará bonito superando os adversários”.

As equipes serão divididas em nove grupos e jogarão entre si. As melhores colocadas se classificam fase a fase até chegar à final. A entrada para os jogos é gratuita, mas o torcedor também pode contribuir com um quilo de alimento não perecível. Os donativos arrecadados serão destinados a instituições filantrópicas. A expectativa das atletas é faturar uma vaga na seleção brasileira de futsal. Todas serão observadas pelo atual técnico, Wilson Saboia, que também treina o Unifor, equipe representante do Ceará. Nas próximas semanas, o comandante deve anunciar a convocação do grupo que embarca para a Guatemala para disputar o Mundial, de 23 a 29 de novembro. Pentacampeão, o Brasil venceu todas as edições realizadas.

Mais sobre o evento
De acordo com o coordenador geral do Campeonato Brasileiro Feminino de Futsal, Lusimar Santos, a criação do torneio veio em boa hora e prestigia a modalidade feminina. “O futsal masculino tem uma agenda muito extensa, diferente do que acontece com o feminino. É uma alternativa que encontramos para movimentar a agenda”, explica. Goiânia foi escolhida como sede graças ao bom relacionamento que o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, tem com o Ministério do Esporte, financiador do campeonato. Também contribuiu com a decisão a infraestrutura que a capital goiana tem para receber um evento deste porte, conclui.

A primeira edição do Campeonato Brasileiro Feminino de Futsal é uma organização do Governo de Goiás, por meio da Seduce, com o apoio do Ministério do Esporte. A direção técnica é da CBFS, que tem a Federação Goiana de Futsal como parceira. O patrocínio é da Topper. O evento também é preparatório para o Campeonato Mundial Universitário de Futsal masculino e feminino, que Goiás sediará em julho de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.