General Antônio Leite dos Santos Filho foi diretor-geral do Dnit na gestão Bolsonaro e trabalhou com o então ministro Tarcísio de Freitas.

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) exonerou o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Lucas Vissotto. O decreto foi publicado em suplemento do Diário Oficial do Estado na sexta-feira (19) e já traz o nome do substituto: o general do Exército Antônio Leite dos Santos Filho.

O general foi diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) na gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro. O Dnit é uma autarquia vinculada ao Ministério da Infraestrutura, e na época o ministério era comandado pelo hoje governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República, Tarcísio de Freitas.

Durante a gestão de Santos Filho no Dnit, o agora ex-presidente da Goinfra Lucas Vissotto ocupava cargo de segundo escalão no órgão (ele era diretor substituto de Infraestrutura Rodoviária).

Turbulência

A exoneração de Vissotto acontece em um momento de turbulência na Agência Goiana de Obras. No começo de abril, Caiado cancelou um contrato de R$ 28 milhões do órgão com uma empresa chamada Prime, em razão de indícios de irregularidade.

O contrato destinava-se à reforma de prédios públicos, como os palácios Pedro Ludovico Teixeira e das Esmeraldas. Ele foi assinado em junho do ano passado (R$ 22,3 milhões) e teve um aditivo em março deste ano (R$ 5,58 milhões).

Seis servidores da Goinfra foram exonerados em razão da investigação, conduzida pela Controladoria-Geral do Estado (CGE).

Fonte: Mais Goiás
Foto: Divulgação
Jornalismo Portal Pn7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE