Black Friday: confira quais são os produtos mais desejados

Notícias Top Geral

A Black Friday ocorre todos os anos sempre na última sexta feira de novembro. Para quem não a conhece, trata-se de uma campanha de vendas em lojas físicas e online de diversas categorias, oferecendo descontos de até 80% nos preços de produtos variados. O evento tem se tornado cada vez mais conhecido no Brasil, sendo que em sua última edição, o valor movimento foi de R$ 871.986.167 em compras.

De acordo com levantamento realizado pelo Google e pelo Ibope, com dados de agosto deste ano, 1.211 pessoas foram entrevistadas, sendo que deste total, 43% afirmaram que o produto que mais desejam adquirir é um novo smartphone por meio da Black Friday. Em seguida, estão os consumidores interessados em computadores (27%), tablets (18%) e TVs (25%). Apesar dessa grande procura por eletrônicos, a parte de vestuário é o objetivo de compras de 56% dos entrevistados.

Além disso, segundo o Google, a expectativa é que os gastos com celulares dominem esta edição. Dessa forma, o consumidor espera gastar em média R$ 1.252 com um novo aparelho, sendo que em geral, o gasto será em torno de R$ 1.003. As marcas que lideram em termos pesquisados são Samsung, Apple, Motorola e LG.

Em relação aos aparelhos mais buscados pelo consumidor, em primeiro lugar está o Galaxy J5, com 16 GB de armazenamento, com preço a partir de R$ 749,90. Depois vem o Moto G 3 Colors, com 16 GB de armazenamento e preço a partir de R$ 917,15 com variação em até 31% em lojas online. Em seguida, Moto G 2ª Geração DTV Collors (16 GB) e preço de R$ 683,05. Em quarto lugar aparece o Galaxy J7 (16 GB) e preço a partir de R$ 990,52. Logo após, LG L Prime com 8 GB de armazenamento e valor a partir de R$ 444,89 e variação de até 145%. Ressaltando a importância de pesquisar antes de comprar um novo aparelho, já que, por exemplo, nesta lista dos celulares mais pesquisados, em último lugar encontra-se o Samsung Galaxy A5 (16 GB) e que possui 217% de variação em seu preço, iniciando em R$ 878,39 e indo até R$ 2.783,50, dependendo da ficha técnica do aparelho.

Lembrando que a partir de dezembro deste ano, com a volta das alíquotas do PIS e Cofins, os celulares ficarão 9,25% mais caros.

Rosana de Carvalho – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.