Notícias Top Destaque

Assassinato em Perolândia: Quase três anos depois, autores do crime foram condenados a mais de 40 anos de reclusão por júri popular em Jataí

Foto: Vânia Santana
O assassinato do fazendeiro Joaquim Avelino Neto aconteceu em 2017, e teve como mandante seu próprio genro

Em 2017, um crime brutal aconteceu no município de Perolândia. O fazendeiro Joaquim Avelino Neto, conhecido como “Joaquim Moça”, a época com 62 anos, foi assassinado a mando de seu próprio genro, Jadenilson Mariano Sobrinho.

A suspeita é de que o genro mandou matar o sogro para ficar com a herança, uma vez que o mesmo possuía alguns bens. Ontem (14), o caso foi a júri popular no Fórum de Jataí, e levou horas para se chegar ao veredito.

Por fim, Jadenilson Mariano Sobrinho foi condenado por homicídio qualificado e roubo a 46 anos de reclusão. Os outros autores do crime, Jailto Nascimento dos Santos e Valdeci de Jesus também foram condenados por homicídio qualificado e roubo a 43 anos e 8 meses de reclusão.

Larissa Pedriel
Foto Capa: Arquivo Portal Panorama
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

mm

Redação Portal PaNoRaMa

O Portal PaNoRaMa um dos pioneiros na área de cobertura de eventos e notícias de Jataí - Goiás, lançando uma forma única de trabalho e divulgação.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Precisa de ajuda?