Cães & Cia Colunistas Top Destaque

Alimentação caseira não é o mesmo que alimentação natural

Por falta de informação ou orientação de um especialista, acabam fazendo por conta própria a alimentação do animal com restos da própria comida, ou com ingredientes que podem ser tóxicos...
Colunista: Jackelyne Dutra – CRMV-GO 05767

Em busca de uma uma qualidade de vida melhor para nossos bichinhos de estimação, nos deparamos com donos que procuram alternativas para melhorar a saúde dos pets. Muitas vezes, buscando a substituição da comum e prática ração industrializada, por algo mais saudável e que exige mais do tutor em fazer pratos com bases nutritivas que o pet necessita.

Por falta de informação ou orientação de um especialista, acabam fazendo por conta própria a alimentação do animal com restos da própria comida, ou com ingredientes que podem ser tóxicos e sem um balanceamento energético de nutrientes, vitaminas e minerais adequados.

Existe diferença entre alimentação caseira e natural?

A resposta para essa pergunta é sim, existe. A preparação da alimentação e escolha dos ingredientes incorretas podem causar muitos prejuízos para o animal. A dieta deve ser balanceada e desenvolvida para fornecer os nutrientes necessários para cada animal específico, de acordo com idade, peso, raça, animal com alguma patologia ou distúrbios, estilo de vida do paciente, entre outras. Essa avaliação é feita por um profissional da área, o qual vai avaliar a necessidade do seu animalzinho e formular uma dieta específica para ele. O que não acontece quando damos alimentos sem haver uma preparação, escolha dos nutrientes, e valores energéticos.

Portanto, na alimentação natural existem alguns alimentos que nós humanos consumimos, mas não podem ser inclusos nas dietas dos pets. Sendo assim, a alimentação natural propõe uma dieta composta por um equilíbrio entre proteínas e gorduras de boa qualidade, carboidratos, fibras, vitaminas, minerais e água.

Além de ser muito mais saborosa, é natural, não tem conservantes. A desvantagem é que é trabalhosa para tutores e exige comprometimento e dedicação do dono. Para facilitar existem sites e profissionais que vendem a alimentação após formulada pronta e congelada, facilitando a inclusão desta no dia-a-dia do tutor e animal.

Muito indicada para pacientes idosos, os quais vão perdendo os dentinhos e o apetite ao longo dos anos; pacientes atópicos; pacientes com doenças hormonais; pacientes oncológicos, e também aos tutores que são a favor de uma vida mais natural e saudável, entre outros.

Colunista: Jackelyne Dutra – CRMV-GO 05767
Foto Capa: Internet
Jornalismo Portal Panorama

Aviso importante:
O conteúdo exibido nesta seção (COLUNA), apresenta caráter meramente informativo. O Portal PaNoRaMa não se responsabiliza pelo conteúdo dos colunistas que assinam cada texto, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal PaNoRaMa se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins.

mm

Jackelyne Dutra - CRMV: 05767

Sou médica veterinária e conclui o curso no ano de 2011 na UFG de Jataí-GO. Sou apaixonada por animais, especialmente os de companhia e atualmente possuo 2 em casa. Mas já criei de tudo um pouco...

Quero compartilhar com vocês um pouco do meu conhecimento, curiosidades e experiências que passamos com os nossos bichinhos. Tentarei esclarecer as dúvidas na medida do possível e vocês, caros internautas, poderão enviar temas, sugestões e dúvidas sobre seus animais.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Enquete:

Você se lembra em qual candidato(a) votou para vereador(a) em 2016?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...