Agricultores de Jataí interrompem semeadura de soja por conta de estiagem fora de época

Agronegócio

O calor intenso e a falta de chuva estão prejudicando o plantio de soja em regiões de Goiás. Em Jataí, os agricultores precisaram interromper a semeadura por conta da estiagem fora de época.

TEste 2020 aac

Um dos principais fatores que influenciam diretamente na produtividade das lavouras é o clima, o inicio do plantio é determinado pelas chuvas, bastando o solo atingir a umidade ideal para o agricultor colocar as máquinas no campo.

Em Jataí, os agricultores apostaram no volume acumulado do mês de setembro, de quase 15 vezes maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Por este motivo começaram a jogar sementes na terra, mas como o tempo mudou de repente e tem praticamente uma semana que não chove com regularidade na região, a estiagem inesperada obrigou os produtores a adiar o calendário de plantio no município.

Com a interrupção das chuvas, produtores retiraram as máquinas do campo, já que a terra se encontra bastante seca e a umidade ainda não é suficiente para as sementes germinarem.

A previsão de chuva agora é só para a próxima quinzena do mês de outubro e a preocupação dos agricultores é que este atraso no plantio da safra de verão possa prejudicar o calendário da safrinha no próximo ano.

Apesar da instabilidade no clima os produtores estão confiantes em relação à safra. Segundo alguns deles não existem riscos aparentes por conta dos seguintes fatores: todos os que plantaram tiveram umidade muito boa, já que havia um acumulado alto, então a soja está começando a germinar agora, há 5 dias provavelmente, então entre a germinação e o reinicio da chuva não será causado nenhum dano.

Inf. Tv Anhanguera – Nayara Borges

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.