Abertura do curso de patrulhamento tático em Jataí.

Abertura do curso de patrulhamento tático em Jataí.

17 de abril de 2014 1 Por Alex Alves

Na manhã desta quinta-feira (17), foi realizada no auditório da CDL a abertura do 19º Curso de Patrulhamento Tático em Jataí.

O evento contou com a presença do Major Carlos Ailton (coordenador do curso), Major Davi Pires, Capitã Selma, Delegado da Polícia Civil, Daniel Vitor e da terapeuta comportamental, Alanir França.

Mais de 40 policiais estão participando do curso que se inicia hoje, com previsão de formatura para o dia 28 de maio.

Segundo o Major Davi, o treinamento é fundamental para que a segurança em Jataí seja especializada e já existe um aceno positivo por parte do auto escalão da polícia militar, de ativar aqui em Jataí uma Companhia de Patrulhamento Especializado, que é uma nova unidade da Polícia Militar.

“Já temos uma equipe especializada, uma área definida e o apoio do estado e do município para que possamos instalar essa unidade em Jataí. Então, o treinamento é algo interessante, que inclui a tropa do batalhão de Jataí, da região de Mineiros, Rio Verde e Tocantins. O Exército também está participando com dois membros, então estamos no divisor de águas que é este curso para que o 15º Batalhão saia na frente, na questão de buscar o conhecimento para melhorarmos o patrulhamento, as abordagens do dia a dia e a ação policial em Jataí”, informou Major Davi.

O mesmo ainda relatou que o curso aborda questões desde o policiamento comunitário, técnico, abordagens, averiguação a ônibus e bicicletas, ao comportamento do policial dentro da viatura, sua verbalização e o trabalho psicológico que ele deve ter para que possa trabalhar bem e ter o resultado positivo que a sociedade espera.

Segundo a terapeuta Alanir França, hoje o treinamento é fundamental em todas as áreas e profissões e a motivação é a base de tudo.

“Tivemos hoje uma palestra de motivação inserindo todas as necessidades, o saber ser, o saber fazer, enfim, os saberes que o profissional precisa para ter uma competência maior na hora de atuação. Este foi o objetivo principal da palestra, levá-los a ter uma consciência mais ampliada de que eles são responsáveis pela segurança de nosso país e pela própria segurança deles. São profissionais que devemos respeitar e honrar muito e que merecem este momento para adquirir essa consciência maior”, relatou a terapeuta.

Nayara Borges / Fotos: Vânia Santana – Site PaNoRaMa