6 jeitos de descobrir se o sexo está legal sem o “foi bom para você?”

6 jeitos de descobrir se o sexo está legal sem o “foi bom para você?”

4 meses atrás 0 Por Redação Portal PaNoRaMa

Por mais expert que uma pessoa seja na cama, vez ou outra bate a dúvida: “Será que o par está satisfeito?”, e saber essa resposta pode elevar a relação para um nível sexual mais avançado. No entanto, não é tão simples assim fazer a abordagem.

Para a terapeuta sexual Thais Plaza, mesmo tendo uma relação de intimidade, muitas pessoas sentem dificuldade de se expressar sexualmente.

E é aí que entra a comunicação corporal que deve ser incentivada entre o casal: “Pequenos sinais entregam as respostas da parceria para o ato sexual. Seja a respiração, a excitação, o olhar, ou as expressões. Tudo isso denuncia quando a pessoa está realizada”, esclarece Thais.

A coach sexual Delma Eusébio aponta que para saber se o par está satisfeito, o primeiro caminho é abordar. Mas sabemos que a tarefa não é tão simples assim. Por isso, confira alguns meios de entender esses sinais e como descobrir se a parceria está satisfeita na cama.

Eu estou curtindo?

De acordo com a especialista Delma, antes de entender se a parceria está ou não satisfeita, a pessoa deve se preocupar com sua própria satisfação na cama.

Muitas vezes, a preocupação em realizar o parceiro, principalmente pelas mulheres, faz com que elas se esqueçam do próprio prazer na hora “H”.

“Na verdade, o melhor que podemos fazer é se sentir realizada e realmente ter prazer na cama, fazendo aquilo que gostamos e queremos”, orienta. Afinal, quando fazemos o que queremos e temos prazer, e passamos essa percepção, a parceria também se sente realizada ao ver o prazer do outro.

Desfaça nóias

Então, para estar satisfeito e dar prazer ao outro, é preciso desfazer as inseguranças e medos sobre desempenho na cama. Sentir segurança para fazer apenas aquilo que dá prazer e transparecer essa satisfação.

Foi bom para você?

Nem todo mundo se sente bem naquela conversa pós sexo. O famoso e temido questionamento “Foi bom para você” pode levar a uma conversa constrangedora e talvez não sincera. Afinal, nem todos vão mandar a real logo após a transa, caso não tenha sido boa.

Mas, para evitar essa conversa e ainda assim ter as respostas aos questionamentos, vale analisar alguns sinais pós sexo: “Ficar deitado ao lado do par já é um sinal. Diferente de quando a pessoa levanta com pressa no pós sexo e imediatamente vai fazer outra coisa, ou focar no celular”, aponta a coach sexual.

Conversar sobre sexo

E se não vai rolar um diálogo no pós sexo, vale conversar durante a transa. “Por exemplo em relação à velocidade, intensidade e posição. Você pode perguntar se a pessoa gosta daquele jeito, ou perceber os sinais em relação às reações do corpo”, indica Delma. Outra dica é usar a leitura corporal a seu favor, estando atento ao comportamento do par, seja com gemidos, olhares ou toques.

Atingir o orgasmo é sinal de que foi bom?

Se a pessoa gozou, é sinal que foi bom, certo? Nem sempre. “Gozar não é a única prova de que foi bom. Pode ser que a pessoa não chegue ao orgasmo, mas isso não quer dizer que o processo da relação não foi prazeroso”, esclarece Delma.

Conexão do casal

Por fim, a especialista Thais Plaza reforça que a melhor forma de abordar o assunto, caso as dicas iniciais não funcionem e haja um problema entre o casal, é procurar a terapia sexual: “Para criar a conexão entre o casal para ter a liberdade de falar desse assunto”, finaliza.

Por Luiza Barufi
Foto: Internet
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br