Política Top Destaque

Requerimento para detecção precoce de autismo é aprovado na Câmara

Foto: Vânia Santana / CMJ
Além do tratamento, também é previsto um acompanhamento psicossocial às famílias dos pacientes

De autoria do vereador Major David Pires (PP), o requerimento que solicita a obrigatoriedade da realização de exames para a detecção precoce do Transtorno do Espectro Autista (TEA) na rede pública de saúde e de educação  foi aprovado na última terça-feira (14).

O texto prevê uma capacitação, além da rede de saúde, da rede de ensino, que seria fundamental para a detecção e tratamento precoce do TEA já na tenra idade.

Além do tratamento, também é previsto um acompanhamento psicossocial às famílias dos pacientes, núcleo fundamental na formação individual.

Segundo o vereador, as chances de melhora dos sintomas quando o tratamento é iniciado antes dos três anos é de 80%. Para efeitos comparativos, o diagnóstico normalmente é feito quando a criança tem cerca de 5 anos de idade.

Atualmente, a estimativa da OMS é de que existam cerca de 2 milhões de habitantes com TEA no Brasil. Com o diagnóstico e tratamento precoce, a expectativa é que haja uma diminuição nas diversas dificuldades enfrentadas no cotidiano dos portadores da síndrome.

O requerimento agora segue para o Executivo Municipal.

Thaysa Alves
Foto Capa: Vânia Santana / CMJ
Redação Portal Panorama
panorama.not.br

Enquete:

O Panorama quer saber a sua opinião: Educação sexual nas escolas de Jataí. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...